Aldeia Ruiva - Centro Interpretativo e Piscina Biológica

A requalificação da Praia Fluvial da Aldeia Ruiva já arrancou, prevendo-se que esteja concluída antes do início da época balnear do próximo ano. Com um investimento total de mais de 833 mil euros, dos quais 311 mil serão financiados na sequência de uma candidatura ao Programa Valorizar do Turismo de Portugal, o projeto integra a criação de um Centro Interpretativo que inclui uma rota pedestre entre a Praia Fluvial da Aldeia Ruiva e a Praia Fluvial do Malhadal e a criação de uma piscina biológica na margem direita. O objetivo é estruturar este espaço enquanto produto turístico destinado a famílias e, ao mesmo tempo, “manter a aposta contínua em criar condições para usufruir deste lugar durante todo o ano, quebrando assim a sazonalidade, transformando-o num polo de atração não só para os turistas, mas para a população em geral, inserido na estratégia de atratividade das praias fluviais e zonas balneares do concelho, oferecendo sempre a condição de bem receber em Proença-a-Nova”, justifica João Lobo, Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova. Esta foi uma das primeiras praias da zona centro que ao longo dos últimos 35 anos de utilização intensiva, foi alvo de várias intervenções, conforme as necessidades.  

O Centro Interpretativo do Corredor Fluvial da Aldeia Ruiva irá funcionar no antigo edifício que dava apoio à praia fluvial, mantendo as valências de restaurante/bar e balneários, e será complementado pela rota lúdico-pedagógica “O Ciclo da Água” que pode ser percorrida em qualquer época do ano: no verão incluirá partes do percurso dentro de água e no inverno será pelas levadas e paredes de xisto a cutelo que marginam a ribeira. Com cerca de 5 quilómetros, este percurso pedestre, de grau de dificuldade fácil/médio, segue o traçado da ribeira da Isna, podendo ser avistados milhafres, águias, cegonhas pretas, martim-pescador, lontras, entre outros, através dos trilhos ou das levadas.

O projeto prevê a construção de uma piscina biológica com dois tanques, com separação do tanque piscina e o tanque plantas, com um sistema de filtração a fim de se reduzir a dimensão do lago e aumentar a oxigenação da água, permitindo sensibilizar quanto à sustentabilidade ambiental. Adicionalmente, será instalado um relvado, com árvores de sombreamento, permitindo uma maior utilização de estadia, quer para exposição ao sol, quer para jogos de praia, com acesso por rampa ao plano de água, o qual permitirá o abastecimento de carros de bombeiros ou outros. O fundo da ribeira (desde o início do troço de praia até ao açude) será impermeabilizado e alvo de uma pequena intervenção de limpeza, colmatação de fissuras e pinturas. Em relação à piscina infantil, esta deverá ser alvo de intervenção nomeadamente no que respeita aos revestimentos das paredes, dos degraus e do tanque.

A requalificação inclui também a renovação do parque de merendas, atualmente implantado junto à linha de água, que será transferido para uma outra zona, garantindo o número de mesas e possibilitando um melhor enquadramento, na medida em que libertará os solários.

A intervenção no parque de campismo irá ao encontro das novas classificações impostas pelas alterações legislativas. Também o facto de a procura ser superior à oferta, criou no Município a necessidade de o reformular, criando mais unidades de alojamento e definindo uma área para caravanas. Serão construídas mais quatro unidades de alojamento modulares, aumentando a oferta para cerca de 129 utentes.

 

Extraído de https://www.cm-proencanova.pt/ 2020-06-04

Casas de Pedra - 1855/AL - 2007-2016, Todos os Direitos Reservados.